Gastronomia Mexicana

El picante en esencia

A sua gastronomia, que faz parte de sua identidade e é reflexo de toda uma cultura baseada em rituais religiosos, magia e arte, foi nomeada Património Imaterial da Humanidade.

Enchiladas, tacos, fajitas, burritos... diferentes tipos de tortilhas de farinha de milho, de trigo com ou sem feijões, enroladas ou inclusive fritas são omnipresentes nas cozinhas do país. O recheio é protagonista e costuma levar carne de frango, de porco ou de vitela, acompanhado de saborosos (e alguns muito picantes) molhos. A comida mexicana ultrapassou as fronteiras e podemos desfrutá-la em todo mundo, sobretudo, as suas habituais empanadas, totopos (nachos) ou as suas quesadillas. Outro prato comum e menos internacional é o pozole, um caldo feito com um tipo de milho local chamado cacahuanzintle ao qual se acrescenta carne de porco ou frango e que pode, como quase tudo em México, ser muito picante.

Os melhores pratos do México

Mole Poblano

é um dos pratos mexicanos mais populares do mundo. A sua mistura inclui diferentes tipos de pimenta tomate, cebola, canela, sésamo, amêndoas e chocolate. Pensa-se que foi Sor Andrea de la Asunción que criou este prato por volta de 1700, com o objetivo de agradar ao vice-rei espanhol Tomás Antonio de la Serna y Aragón, que se encontrava de visita à cidade.

Salsicha

Trata-se de um enchido de carne de porco, condimentada com diferentes ingredientes como coentro, vinagre, pimenta, noz-moscada, louro e orégãos. Serve-se frio, com limão e molho picante. Outros enchidos que não vai poder perder são a “Linguiça" e o "Chouriço".

Este site usa cookies. Ao permanecer nele, aceita o seu uso. Pode ler mais sobre o uso de cookies na nossapolítica de privacidade

x